Público alvo: o que é, para que serve e qual é o público da Kopenhagen?

14/1/2022 | Empreendedorismo

Você conhece a fundo o público-alvo do seu negócio? Esta é uma questão importante, pois, com a resposta, você e seus colaboradores saberão direcionar as estratégias de venda e marketing do seu estabelecimento, de forma assertiva, para alcançar os melhores resultados possíveis.

Para identificar seu público-alvo, é necessária uma série de pesquisas de mercado, que inclui estudos sobre o seu segmento, modelo de negócio, localização, concorrência, produto e serviço. Os dados levantados ajudam a montar um panorama do público e seu perfil

Além disso, conhecer fatores como cultura, valores, comportamentos, medos e sonhos, bem como as características demográficas, também estão diretamente relacionados com a definição de seu público-alvo. Vamos entender com mais profundidade como a identificação do público-alvo é determinante para o sucesso do seu negócio.

Siga com a leitura!

O que é o público-alvo?

Em resumo, trata-se de um conjunto de consumidores com características em comum para o qual uma empresa direciona suas estratégias de vendas e campanhas de marketing. Esse nicho de mercado é identificado a partir de estudos que dependem do negócio, produto ou serviço.

Também pode ser denominado de mercado-alvo ou segmento-alvo, que são definidos pela fatia do mercado geral no qual o negócio está inserido.

Para fazer essa segmentação, são necessárias pesquisas e análises para conhecer o perfil e as características comportamentais e demográficas daquele grupo de consumidores.

  • Características comportamentais: estilo de vida, personalidade, cultura, crenças, valores, etc.
  • Características demográficas: idade, gênero, escolaridade, região de moradia, renda, etc.

Conhecendo esses aspectos, uma empresa identifica seu segmento no mercado e define seu público-alvo, selecionando aqueles consumidores que terão maior interesse em sua marca, produto ou serviço, e direciona suas campanhas de divulgação para eles.

Ao mirar nas pessoas certas, sua empresa aumenta as chances de alcançar exatamente quem tem interesse em sua marca, aumentando também as possibilidades de vendas.

Exemplo de público-alvo:

Mulheres na faixa etária de 30 a 55 anos, residentes de São Paulo, que trabalham em grandes empresas e têm renda mensal entre R$ 4.000 e R$ 7.000.*

*Perceba que as informações, neste caso, são mais abrangentes e definem um grupo de pessoas que podem se relacionar com a marca. Também é um perfil focado em dados demográficos, podendo ser complementado com informações sobre comportamento e estilo de vida.

Mas hoje, mais do que conhecer seu público-alvo, também é importante conhecer o perfil de cliente e a persona do seu negócio. Vamos às definições.

> Perfil de cliente

Perfil de cliente são as características do consumidor com real potencial de compra do seu produto ou serviço, ou seja, esse cliente é definido como o comprador ideal do seu negócio. Reúne atributos pessoais como hábitos, escolaridade, renda, profissão, entre outros, que são compatíveis com o seu negócio, mas que também tenha um “problema certo” que sua empresa possa solucionar.

> Persona

É a personalização do cliente ideal, ou seja, um personagem fictício criado pela empresa com características de perfil e comportamento reais. A persona é o público que a empresa tem condições de atender e precisa mirar suas campanhas de vendas e marketing, pois ela apresenta com riqueza de detalhes todo o perfil do cliente ideal, como, idade, gênero, estado civil, moradia, profissão, estilo de vida, comportamentos, personalidade, crenças, medos, dificuldades, anseios, sonhos, o que vê, ouve, sente, fala, pensa e faz.

Exemplo de persona:

Camila tem 41 anos, é dentista, casada e mãe de dois meninos, um de 7 anos e o outro de 2 anos. Seu marido, Fernando, também tem 41 anos, é engenheiro, e eles moram no bairro da Vila Mariana, em São Paulo. Juntos têm renda média mensal de R$ 15.000, e o anseio de Camila é poder oferecer conforto, educação e saúde dignas para seus filhos, por meio das possibilidades financeiras que ela e o marido podem proporcionar. Além disso, ela gosta de assistir a séries de suspense, não dispensa uma caminhada todos os domingos pela manhã, no parque do Ibirapuera, enquanto seus filhos brincam nos gramados e parquinhos.

*A persona aqui está resumida, porém muito mais detalhes podem e devem ser incluídos nessa descrição, como gostos por comida, cores, bares, restaurantes, mercado, atividades físicas ou qualquer outro tipo de informação que possa ajudar o pessoal do marketing na hora de direcionar campanhas para consumidores com essas mesmas características.

O público-alvo da Kopenhagen

Você, como franqueado da Kopenhagen ou que deseja se juntar à nossa rede franqueadora, deve conhecer nosso público-alvo para, em primeiro lugar, saber tudo sobre o negócio ao qual faz parte e sobre o segmento de chocolates.

E, em segundo lugar, saber se relacionar e comunicar com os consumidores que entrarem em sua unidade para recebê-los com a cordialidade e o acolhimento que merecem.

Sendo assim, o público-alvo da Kopenhagen são consumidores das classes A e B que buscam chocolates de alta qualidade, não importando o valor, tanto para consumo próprio como para presentear. São homens e mulheres (mais de 60% dos clientes são público feminino), com idades entre 35 e 65 anos, formação superior, casados, com filhos e renda mensal superior a R$ 8.000.

A Kopenhagen é pioneira em chocolateria premium, que são mais que um simples doce, são mimos associados ao luxo e ao extraordinário. Uma marca líder, com mais de nove décadas no mercado brasileiro de chocolates, ícone de sabores prazerosos e símbolo de status.

Faça parte dessa rede de sucesso! Conheça nosso modelo: https://bit.ly/3shr3Md

Newsletter

Quer ficar por dentro de nossas atualizações?

Assine a nossa newsletter

Mais Recentes